logo olho site

Exames Complementares e Procedimentos

Curva Tensional Diária
Campimetria Computadorizada
Exame de Motilidade Ocular (Teste Ortóptico)
Mapeamento de Retina
Retinografia
Retinogragia Fluorescente
Teste e Adaptação de Lentes de Contato
Tonometria
Visão Sub-Normal
Biometria Ultrassônica
Paquimetria Ultrassônica
Microscopia Especular de Córnea
Ultra-Sonografia Diagnóstica
Gonioscopia
Acuidade Visual com Laser
Fundoscopia Sob Medríases
Ceratoscopia Computadorizada
Capsulotomia (Yag Laser)
Fotocoagulação (Laser)
Iridectomia (Laser)
Aberrometria

 

Confira também

  • Fibromialgia

    fibromialgiaA fibromialgia não deve ser encarada como uma doença que necessita de tratamento, mas sim como uma condição clínica que requer controle. Isso porque, na pessoa predisposta, suas manifestações ocorrem ao longo da vida, na dependência de uma gama de fatores físicos e emocionais. Neste contexto, as manifestações devem ser tratadas considerando sua gravidade.
  • Exame de Motilidade Ocular (Teste Ortóptico)

    No teste ortóptico é feita uma avaliação do alinhamento ou desvio ocular em todas as posições do olhar.

    Também são realizados testes sensoriais da visão binocular (uso simultâneo dos olhos) e suas funções, como, por exemplo, a percepção simultânea das imagens, a visão estereoscópica (visão em terceira dimensão).

    Os exercícios ortópticos são indicados pelo ortoptista após a realização do teste e podem ser feitos no consultório e/ou em casa, conforme a orientação do profissional.

  • Ceratoscopia Computadorizada

    Também chamada de Topografia da Córnea, é o exame que mostra, ponto a ponto, as variações da curvatura corneana, permitindo o diagnóstico de patologias (a mais comum é o ceratocone) da superfície da córnea. É também muito utilizado para a adaptação de lentes de contato.

    A ceratoscopia computadorizada é indicada para os seguintes casos: ceratocones, astigmatismos irregulares, pré-operatório das cirurgias refrativas, controle de retirada de pontos nos transplantes de córnea.

    No último caso, dependendo da evolução do astigmatismo residual induzido pelo transplante de córnea, às vezes são necessárias algumas topografias com mais frequência, dependendo de cada caso.