logo olho site

Gonioscopia

A gonioscopia é o exame para análise do ângulo entre a córnea e a íris, por onde é feito o escoamento do líquido formado dentro do olho, que é importante para regular a pressão ocular.

É utilizado para a avaliação de casos suspeitos de glaucoma, para estudo de tumores de íris, de trauma ocular ou suspeita de outras anormalidades.

A anestesia de córnea através de colírio é indispensável nesse exame.

Ultra-Sonografia Diagnóstica

A ultra-sonografia diagnóstica é um método essencial de exploração e diagnóstico de patologias do globo ocular e órbita.

Suas indicações vão desde as opacidades dos meios causadas por leucoma de córnea, catarata, membrana ciclítica até hemorragia vítrea, endoftalmite, trauma e tumor ocular.

Microscopia Especular de Córnea

É um exame que analisa a córnea, realizando a contagem do número de células da camada mais interna da córnea e apresentando o aspecto destas que podem apresentar algum tipo de degeneração ou distrofia.

É indicado em pacientes que serão submetidos a cirurgias oculares como cirurgia de catarata, transplante de córnea, cirurgia refrativa e acompanhamento de pacientes usuários de Lente de Contato. Com o exame pode-se avaliar o êxito ou a impossibilidade da intervenção.

Paquimetria Ultrassônica

O exame tem por finalidade analisar a espessura corneana.

É indicado principalmente para pacientes candidatos à cirurgia refrativa ou em propedêutica do glaucoma.

Biometria Ultrassônica

É um exame onde se calcula o valor da lente intra ocular para implante em cirurgia de catarata.

É indicado para pacientes com catarata ou que precisam de avaliação do comprimento axial do olho.

Visão Sub-Normal

Visão sub-normal é um comprometimento da função visual que impossibilita uma visão útil para os afazeres habituais, mesmo após tratamento e/ou correção dos erros refrativos comuns como uso de óculos, lentes de contato ou implante de lentes intra-oculares.

A visão subnormal não deve ser confundida com a cegueira, pois o portador de visão subnormal tem uma visão útil e é capaz de ler tipos impressos ampliados com auxílios ópticos, que são aparelhos especiais que ampliam consideravelmente a visão.

É importante ressaltar que, apesar de ser mais frequente em idosos, a visão subnormal pode acontecer em qualquer idade.

Tonometria

É um exame que mede a pressão interna do olho.

Esse teste é muito comum em pacientes com suspeita de glaucoma.

Teste e Adaptação de Lentes de Contato

As lentes de contato são utilizadas para a correção de diversos problemas óticos. Além dos benefícios estéticos, oferecem maior conforto e são uma opção interessante para quem não pode ser operado. Em alguns casos específicos, o uso de lentes apresenta resultados mais eficientes do que o uso de óculos.

No mercado existem inúmeras opções como: lentes gelatinosas esféricas para uso diário, descartáveis, tóricas, multifocais, filtrantes, terapêuticas, coloridas, lentes rígidas de todos os materiais, siliconadas, fluorcaronadas, híbridas, flexíveis etc. Por isso a escolha deve ser orientada por um oftalmologista.

Através de uma minuciosa avaliação do estilo de vida e da fisiologia do olho do paciente é possível descobrir a lente de contato mais indicada para cada problema.

Também é fundamental um teste de adaptação, que consiste em:
  • Medição da curvatura da córnea (ceratometria);
  • Ocasionalmente, é feito o mapeamento da superfície (topografia) e medida da espessura corneana (paquimetria);
  • Refração inicial para determinação do grau das lentes;
  • Colocação de lentes de teste baseadas na refração inicial, por 10 a 20 minutos;
  • Nova refração, com as lentes de teste;
  • Avaliação da adaptação das lentes de teste com o aparelho chamado “lâmpada de fenda”;
  • Modificações na adaptação com base em observações na lâmpada de fenda.

Retinogragia Fluorescente

Trata-se da realização de fotografias da retina (fundo de olho) com a necessidade de injeção de contraste intra-venoso (fluoresceina sódica – não contém iodo) e dilatação da pupila com colírios. Mesmo sendo um exame invasivo, pois necessita de injetar medicamentos intra-venosos, possui uma margem de segurança satisfatória, sendo raras as reações adversas, porém poderão ocorrer reações alérgicas.

Sempre haverá um periodo de eliminação do contraste através da urina que ficará de coloração amarela escura por 12 a 24horas. A pele também adquire uma tonalidade amarelada durante o periodo de eliminação.

É utilizado para avaliar a circulação retiniana e modificações anatômicas da retina.

Retinografia

A retinografia é uma fotografia da retina ou do nervo óptico que é feita com auxílio do retinógrafo.

As principais indicações são para o diagnóstico e acompanhamento das doenças vítreo retinianas, glaucoma e doenças do nervo óptico.

Confira também

  • Qual o risco da operação da catarata?

    Hoje em dia, a cirurgia da catarata é um procedimento relativamente simples e rápido, com sucesso em mais de 90% dos casos. No entanto, é importante frisar que, como em qualquer cirurgia, nunca pode existir uma garantia de sucesso absoluto. 
  • Crianças precisam usar óculos escuros?

    criancas_precisam_usar_oculos_escurosOs médicos ainda não chegaram a um consenso sobre a questão. "Crianças não precisam necessariamente de óculos escuros, mas proteger sempre é bom, especialmente se a criança tem olhos mais claros, pois ela pode sentir algum desconforto com a luz solar", diz o oftalmologista pediátrico Mauro Plut, do Hospital Israelita Albert Einstein, de São PAulo.
  • Como posso limpar os olhos do bebê?

    Para limpar os olhos do bebê, deve-se utilizar gaze ou pano limpo, molhado em água filtrada e preveamente fervida. Fazer movimentos delicados sem apertar os olho.