logo olho site

Curva Tensional Diária

Exame no qual a pressão intra-ocular é medida em horários distintos durante o dia com a utilização de um equipamento denominado tonômetro de aplanação e uso de colírio anestésico.

Tem a finalidade de avaliar a flutuação da pressão ocular no decorrer do dia, sendo importante no diagnóstico e acompanhamento de pacientes portadores de glaucoma.

 

Palestra com Serge Peyrot

palestra_com_serge_peyrotA Olho Clínica e Cirurgia sempre preocupada com os valores sócio-culturais apresenta a palestra sobre Terapia Morfoanalítica proferida pelo seu criador, Sege Peyrot, uma oportunidade única e gratuita para você conhecer esta terapia que trabalha o corpo e a mente proporcionando uma melhora significativa na qualidade de vida.

Continue Lendo

Olho Clínica presente na Ação Global

olho_clinica_presente_na_acao_globalNo dia 18 de outubro, o Serviço Social da Indústria (SESI) e a Rede Globo de Televisão realizaram simultaneamente em 30 cidades do Brasil, a Ação Global Nacional. A iniciativa tem caráter social e promove atendimentos gratuitos para crianças, jovens e adultos nas áreas de educação, saúde, cultura, cidadania, alimentação, esporte e lazer, além da prestação de serviços jurídicos.

Continue Lendo

OCT

OCTA Olho Clínica conta agora com o mais recente avanço tecnológico no estudo de doenças oculares que envolvem a retina e o nervo óptico. O OCT (tomografia de coerência óptica) Spectral Domain realiza análise das camadas retinianas e do nervo óptico com admirável precisão de forma minimamente invasiva.

Continue Lendo

Toxoplasmose congênita

toxoplasmose_congnitaO Toxoplasma gondii é um dos parasitos mais bem sucedidos de que se tem conhecimento, podendo infectar praticamente todo animal de sangue quente, em qualquer parte do planeta. Estima-se que a infecção pelo T. gondii ocorra em pelo menos um terço da população humana mundial, com taxas mais altas de prevalência em locais quentes e úmidos (pelo efeito favorecedor dessas condições na maturação dos oocistos depositados no solo), naqueles em que haja abundância de hospedeiro definitivo (felinos, em especial o gato doméstico), em populações com hábito de ingerir carnes cruas (contaminadas com cistos teciduais) e naqueles com condições sanitárias desfavoráveis ( facilitando a ingestão de oocistos, contaminando água e alimentos)

Continue Lendo

Degeneração Macular Relacionada com a Idade

degenerao_macular_relacionada_com_a_idadeA Degeneração Macular Relacionada com a Idade (DMRI) é a primeira causa de cegueira irreversível no mundo Ocidental em pessoas acima dos 50 anos. Embora vários fatores tenham sido implicados na sua origem (doença cardíaca, tabagismo, olhos claros, deficiência nutricional, exposição exagerada à luz, etc.), sabe-se que as alterações a ela relacionadas são decorrentes de um processo de envelhecimento, com características próprias, influenciado por fatores ambientais, doenças orgânicas e certos hábitos de vida.

Continue Lendo

Olho Clinica investindo em formação!

olho_clinica_investindo_em_formacaoNo último dia 14 de fevereiro, a Olho Clínica e Cirugia realizou um treinamento com seus colaboradores, a respeito de Lentes de Contato intra-oculares, para clientes indicados à cirurgia de catarata. O intuito do treinamento é formar a equipe para oferecer cada vez mais um atendimento diferenciado aos nossos clientes.

Continue Lendo

Água o Diamante Azul

agua_o_diamante_azulO planeta Terra, que deveria ser chamado de planeta água, já que 3/4 dele é de água, lembrando que apenas 2,5 % é potável. O restante são neve e geleiras, menos de 2% da água existente pode ser usada pelo ser humano.

Todas as mudanças climáticas tem tornado a água um problema global. De acordo com a Unicef menos da metade da população mundial tem acesso à água potável.

Continue Lendo

Crianças precisam usar óculos escuros?

criancas_precisam_usar_oculos_escurosOs médicos ainda não chegaram a um consenso sobre a questão. "Crianças não precisam necessariamente de óculos escuros, mas proteger sempre é bom, especialmente se a criança tem olhos mais claros, pois ela pode sentir algum desconforto com a luz solar", diz o oftalmologista pediátrico Mauro Plut, do Hospital Israelita Albert Einstein, de São PAulo.

Continue Lendo

Confira também

  • Cirurgia Refrativa - Dr. Guy de Sordi

  • Glaucoma e Prevenção Clínica

    Glaucoma consiste em uma doença que atinge o nervo óptico (neuropatia óptica), estrutura responsável pela condução do estímulo visual da retina ao sistema nervoso central. Os principais fatores de risco envolvidos são hereditariedade (história familiar), raça, diabetes, doenças cardiovasculares, miopia, idade e pressão intraocular. Embora não sejam determinantes, são capazes de aumentar a probabilidade da existência do problema.
    Trata-se de uma afecção silenciosa na grande maioria dos casos. Apenas o glaucoma agudo (primário ou secundário) é capaz de provocar sintomas iniciais (halos luminosos, dores incessantes, náuseas e vômitos). O glaucoma crônico infelizmente não mostra sua presença, exceto em estágios avançados quando o arsenal tecnológico que dispomos na atualidade nada ou muito pouco pode fazer para restabelecer a visão perdida.
    Diagnóstico precoce, termo fundamental na medicina contemporânea, é também o ponto crucial para um bom prognóstico e tratamento adequado do glaucoma. Através de uma simples consulta oftalmológica de rotina pode-se evidenciar a presença do risco clínico para o glaucoma. Por meio de exames complementares tradicionais como exame de campo visual, ou então com auxílio de exames de maior complexidade como a OCT (Tomografia de Coerência Óptica), pode-se definir o momento certo para o inicio do tratamento e assim impedir o que é hoje umas das principais causas de cegueira no mundo moderno.
    Glaucoma-1Glaucoma consiste em uma doença que atinge o nervo óptico (neuropatia óptica), estrutura responsável pela condução do estímulo visual da retina ao sistema nervoso central. Os principais fatores de risco envolvidos são hereditariedade (história familiar), raça, diabetes, doenças cardiovasculares, miopia, idade e pressão intraocular. Embora não sejam determinantes, são capazes de aumentar a probabilidade da existência do problema.
  • Tipos de Glaucoma

    Você sabia que existem tipos de Glaucoma? Confira quais são eles nessa matéria.

    tipos de glaucoma

    O glaucoma refere-se a um grupo de doenças oculares que provocam danos irreparáveis no nervo óptico. Este, por sua vez, é o nervo que carrega as informações visuais recebidas pelo olho até o cérebro.

    Conheça os tipos:

    Glaucoma de ângulo fechado (agudo)

    O glaucoma de ângulo fechado (agudo) ocorre quando a saída do humor aquoso é subitamente bloqueada. Isso origina um aumento rápido, doloroso e grave na pressão intraocular. Casos de glaucoma agudo são emergenciais, bem diferentes do que ocorre com o tipo crônico da doença, em que a pressão ocular desenvolve-se lenta e silenciosamente e, aos poucos, vai danificando a visão.


    Glaucoma de ângulo aberto (crônico)

    O glaucoma de ângulo aberto (crônico) é o tipo mais comum de glaucoma e tende a ser hereditário, mas sua causa é desconhecida. Nele, um aumento na pressão ocular desenvolve-se lentamente com o passar do tempo, e a pressão elevada causa um dano permanente no nervo óptico, causando perda do campo visual.

    Glaucoma congênito

    O glaucoma congênito é, como o próprio nome diz, o tipo em que a criança já nasce com a doença, herdada da mãe durante a gravidez. Este tipo de glaucoma, no entanto, é considerado raro e se descoberto, deve-se tratar imediatamente.

    Glaucoma secundário

    Por último, o glaucoma secundário costuma ser causado principalmente pelo uso de medicamentos, como corticosteroides, pelos traumas e por outras doenças oculares e sistêmicas.

     

    Fonte: Minha Vida