logo olho site

Pterígio - Diagnóstico e Tratamento

O pterígio, conhecido popularmente como “carne no olho”, é um tecido fibroso e vascularizado que cresce sobre a córnea.

pterigio

pterígio61
Pterígio Grau II

O pterígio pode manter-se pequeno ou crescer até interferir com a visão.

pterigio5
Pterígio Grau IV

O pterígio se localiza com maior freqüência no canto interno dos olhos, porém pode aparecer no ângulo externo. Às vezes o pterígio é erroneamente denominado de “catarata”. No entanto, pterígio e catarata são doenças distintas.

pterigio4
Pterígio Grau III

A causa exata do pterígio não está definida por completo, porém o pterígio é mais freqüente em pessoas expostas à luz do sol ou que passam muito tempo ao ar livre, em especial durante o verão. A exposição prolongada à luz solar, sobretudo aos raios ultravioletas e a irritação crônica do olho parecem desempenhar um papel importante na etiologia do pterígio.

O pterígio tem grande incidência nas populações que vivem em regiões mais próximas à linha do Equador, como o Nordeste brasileiro.

pterigio11
Pterígio Recidivado

O pterígio deixa o olho vermelho, o que costuma resultar, por parte dos pacientes, em queixa por motivo estético. Também são freqüentes os sintomas de ardência, irritação, sensação de corpo estranho, queimação e outros relacionados às desordens da superfície ocular.

Com o crescimento sobre a córnea, há distorção da curvatura corneal, com repercussão sobre o erro refracional. Se negligenciado, o pterígio pode, ocasionalmente, aumentar ainda mais encobrindo parcial ou totalmente o eixo visual.

pterígio3
Pterígio Inflamado

Os motivos que levam os pacientes a desejarem a remoção cirúrgica do pterígio se referem à estética e à sintomatologia. A indicação do oftalmologista pela realização da cirurgia de pterígio é feita quando há ameaça real à visão ou se esta já se encontra comprometida.

Fonte: AptoMed