logo olho site

08 de Março, dia da Mulher!

Homenagem da Olho Clínica e Cirurgia ao dia da Mulher!

Dia da Mulher 2016

Confira também

  • Tipos de Glaucoma

    Você sabia que existem tipos de Glaucoma? Confira quais são eles nessa matéria.

    tipos de glaucoma

    O glaucoma refere-se a um grupo de doenças oculares que provocam danos irreparáveis no nervo óptico. Este, por sua vez, é o nervo que carrega as informações visuais recebidas pelo olho até o cérebro.

    Conheça os tipos:

    Glaucoma de ângulo fechado (agudo)

    O glaucoma de ângulo fechado (agudo) ocorre quando a saída do humor aquoso é subitamente bloqueada. Isso origina um aumento rápido, doloroso e grave na pressão intraocular. Casos de glaucoma agudo são emergenciais, bem diferentes do que ocorre com o tipo crônico da doença, em que a pressão ocular desenvolve-se lenta e silenciosamente e, aos poucos, vai danificando a visão.


    Glaucoma de ângulo aberto (crônico)

    O glaucoma de ângulo aberto (crônico) é o tipo mais comum de glaucoma e tende a ser hereditário, mas sua causa é desconhecida. Nele, um aumento na pressão ocular desenvolve-se lentamente com o passar do tempo, e a pressão elevada causa um dano permanente no nervo óptico, causando perda do campo visual.

    Glaucoma congênito

    O glaucoma congênito é, como o próprio nome diz, o tipo em que a criança já nasce com a doença, herdada da mãe durante a gravidez. Este tipo de glaucoma, no entanto, é considerado raro e se descoberto, deve-se tratar imediatamente.

    Glaucoma secundário

    Por último, o glaucoma secundário costuma ser causado principalmente pelo uso de medicamentos, como corticosteroides, pelos traumas e por outras doenças oculares e sistêmicas.

     

    Fonte: Minha Vida

  • Gonioscopia

    A gonioscopia é o exame para análise do ângulo entre a córnea e a íris, por onde é feito o escoamento do líquido formado dentro do olho, que é importante para regular a pressão ocular.

    É utilizado para a avaliação de casos suspeitos de glaucoma, para estudo de tumores de íris, de trauma ocular ou suspeita de outras anormalidades.

    A anestesia de córnea através de colírio é indispensável nesse exame.

  • Capsulotomia (Yag Laser)

    Exame de extrema utilidade no tratamento das opacificações capsulares posteriores após cirurgia de catarata com implante de lente intra-ocular.

    É usado para fazer a abertura da cápsula opaca sem necessidade de uma nova intervenção cirúrgica. É também muito útil no tratamento dos glaucomas de ângulo fechado e hemorragias pré-retinianas.