logo olho site

Confira também

  • Gonioscopia

    A gonioscopia é o exame para análise do ângulo entre a córnea e a íris, por onde é feito o escoamento do líquido formado dentro do olho, que é importante para regular a pressão ocular.

    É utilizado para a avaliação de casos suspeitos de glaucoma, para estudo de tumores de íris, de trauma ocular ou suspeita de outras anormalidades.

    A anestesia de córnea através de colírio é indispensável nesse exame.

  • Teste e Adaptação de Lentes de Contato

    As lentes de contato são utilizadas para a correção de diversos problemas óticos. Além dos benefícios estéticos, oferecem maior conforto e são uma opção interessante para quem não pode ser operado. Em alguns casos específicos, o uso de lentes apresenta resultados mais eficientes do que o uso de óculos.

    No mercado existem inúmeras opções como: lentes gelatinosas esféricas para uso diário, descartáveis, tóricas, multifocais, filtrantes, terapêuticas, coloridas, lentes rígidas de todos os materiais, siliconadas, fluorcaronadas, híbridas, flexíveis etc. Por isso a escolha deve ser orientada por um oftalmologista.

    Através de uma minuciosa avaliação do estilo de vida e da fisiologia do olho do paciente é possível descobrir a lente de contato mais indicada para cada problema.

    Também é fundamental um teste de adaptação, que consiste em:
    • Medição da curvatura da córnea (ceratometria);
    • Ocasionalmente, é feito o mapeamento da superfície (topografia) e medida da espessura corneana (paquimetria);
    • Refração inicial para determinação do grau das lentes;
    • Colocação de lentes de teste baseadas na refração inicial, por 10 a 20 minutos;
    • Nova refração, com as lentes de teste;
    • Avaliação da adaptação das lentes de teste com o aparelho chamado “lâmpada de fenda”;
    • Modificações na adaptação com base em observações na lâmpada de fenda.
  • Fotocoagulação (Laser)

    A fotocoagulação a laser é utilizada no tratamento de problemas retinianos e tumores intra-oculares, entre outros, e deve ter muito critério para ser bem aplicada.

    Assim, o laser é indicado para pessoas que apresentam doenças que afetam os vasos sanguíneos do olho, como ocorre nos diabéticos.

    Pacientes que apresentam degenerações periféricas ou roturas na retina predisponentes ao deslocamento de retina também necessitam desse tratamento.